6 benefícios que você não conhecia sobre o cotton!

 

04O algodão é a fibra natural mais utilizada em todo o mundo para a confecção de roupas. No Brasil, ele é uma das maiores fontes de riqueza no setor agropecuário, representando mais de 60% dos insumos têxteis em nosso país. As produções se concentram nas regiões Nordeste e Centro-Sul, uma cultura que, por sinal, todo o Brasil tem reconhecido com a narrativa da novela “Velho Chico“.

Quer conhecer um pouco mais sobre o algodão, também conhecido como cotton, para usar e abusar do tecido em seu dia a dia? Acompanhe!

Quais são os tipos de fibras disponíveis no mercado?

Os tecidos são formados por fibras, que determinarão diretamente a qualidade do produto. Há três categorias principais:

Fibras naturais

Retiradas prontas da natureza, as fibras naturais podem ser subdivididas em vegetais, minerais e animais. Aqui, encontramos fibras produzidas a partir do coco, juta, cânhamo, malva, sisal, seda, lã, linho e, finalmente, o algodão. As fibras naturais têm como maior vantagem o fato de serem flexíveis, duráveis, resistentes e confortáveis. Elas apenas têm como desvantagens o fato de amassarem com certa facilidade e desbotarem com o passar do tempo.

Fibras artificiais

Produzidas pelo homem a partir de matérias-primas naturais, este tipo de fibra é obtido por meio de técnicas artificiais para transformar os materiais. Aqui, enquadram-se a viscose, lyocel, modal e acetato. Bastante resistentes, as fibras artificiais retêm as cores e têm um toque bem sedoso. Elas também são ótimas para quem não tem tempo para o ferro de passar roupas, pois não amassam com facilidade e secam com facilidade.

As desvantagens das fibras artificiais estão no fato de não oferecerem muita segurança, já que queimam com facilidade e acumulam eletricidade estática — cuidado com a temperatura do ferro! Além disso, essas fibras não absorvem a transpiração.

Fibras sintéticas

Estas são as fibras produzidas pelo homem, usando matéria-prima baseada em produtos químicos, geralmente derivados da indústria petroquímica. Dentre as mais conhecidas, estão o poliéster (PES), o acrílico (PAC), a poliamida (PA), o polipropileno (PP), o elastano (ou poliuretano elastomérico), bem como as aramidas.

Os tecidos mistos são aqueles produzidos com a mistura de fibras, sendo que a combinação mais comum é poliéster e algodão. Estas misturas buscam aliar os benefícios dos tecidos, de modo a obter o máximo de conforto e eficiência.

Quais são as características principais do cotton?

O cotton é um tecido com 100% de algodão em sua composição. Algumas fábricas trabalham com uma pequena porcentagem de elastano para adicionar elasticidade ao tecido e poliéster para fixar corantes. Ou seja, apesar de seu nome remeter ao equivalente inglês para “algodão”, ele pode ser uma mistura de fibras. Por isso, antes de fazer a compra, é preciso verificar atentamente a composição dos tecidos.

O cotton deve passar por lavagem normal, com temperatura indicada para roupas de cor intensa trabalhadas em poliéster, algodão e outras misturas. Ele não deve ser alvejado, lavado a seco ou seco em tambor.

Outro cuidado importante é não passá-lo com ferro muito quente (equivalente a 110 graus Celsius). O melhor procedimento é passá-lo sob um tecido seco ou no lado avesso na escala “acrílico, nylon, poliamida, acetato”. Também não é aconselhado utilizar vapor nesta etapa.

E quais são os benefícios do cotton?

O algodão tem a propriedade de ser hipoalérgico, não irritar a pele e não provocar alergias a aquelas que são sensíveis, especialmente na versão orgânica. Ele também não causa eletricidade estática e, por isso, ele é a fibra mais aceita para a produção de itens usados mais próximos ao corpo, como roupas íntimas e camisetas. Além disso, o algodão permite a circulação do ar, desencorajando o crescimento de fungos e bactérias nas áreas úmidas do corpo e melhorando a sensação térmica.

Geralmente, as roupas em algodão duram mais, são mais resistentes às lavagens e ao ferro de passar. A peça feita em algodão, portanto, tem uma qualidade superior, bem como acabamento e toque desejáveis.

Não é à toa que o algodão é a fibra mais utilizada no mercado, não é mesmo? Conhecer as características dos tecidos é essencial para montar produções de impacto. Se você gostou de saber sobre o cotton, compartilhe este post nas redes sociais e convide seus amigos para conhecer um pouco dos bastidores do mundo dos tecidos!

6 benefícios que você não conhecia sobre o cotton!
Tagged on: